Seguradoras negam suspensão de seguros para carros do RJ

Seguradoras negam suspensão de seguros para carros do RJ
Nesta semana, uma matéria publicada pela Revista EXAME, e replicada por vários veículos de comunicação, dizia que as corretoras de seguros estariam suspendendo a emissão de novas apólices para carros com endereços do Rio de Janeiro, mas a informação foi negada pelas seguradoras envolvidas, como a Mapfre e a Tokio Marine, que se pronunciaram sobre a situação.De acordo com o superintendente-executivo do Grupo Segurador BBMapfre, Sérgio Ribeiro, que falou ao portal Massa News, a situação foi específica com uma corretora que trabalha com várias seguradoras. “A Ituran estava com essa situação pontual contra furtos e roubos de veículos, mas também afirmou que não tem nenhuma restrição com as apólices para o Estado do Rio de Janeiro. É importante ressaltar que a Mapfre também não tem nenhuma restrição e que segue efetuando as apólices no Rio normalmente”.

Já a seguradora Tokio Marine, informou, em nota, que a distribuição de produtos da companhia se faz através de corretores e assessorias, “não havendo restrição alguma em relação ao Rio de Janeiro ou qualquer outro Estado da federação”. “A Companhia, inclusive, obteve no Rio de Janeiro um dos melhores desempenhos de sua carteira, apresentando crescimento de 34,6% entre os meses de janeiro e setembro em comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com a Susep”, garantiu a seguradora em nota oficial.

A repercussão foi tanta, que o presidente do Sindicato dos Corretores do Rio de Janeiro (Sincor-RJ), Henrique Brandão, emitiu uma nota informando que as seguradoras seguem oferecendo os serviços normalmente para o Estado. “Venho a público informar a todos que as seguradoras não deixaram de comercializar seguro de auto no Rio de Janeiro, essa informação não procede. Os corretores de seguros que atuam em nosso Estado podem ficar tranquilo e permanecer efetuando suas cotações sem o menor problema. Sabemos que o índice de roubos e furtos é tamanho e que os preços em alguns lugares são mais caros que o comum, mas isso não justificaria a suspensão da venda de seguros de veículos”.

Roubos de veículos

Em agosto, o Instituto de Segurança Pública (ISP) do Rio de Janeiro, divulgou que houve quase 60% de aumento no número de roubo de veículos, na comparação com o mesmo mês de 2016. Foram 4.953 roubos, contra 3.105 do ano passado.

Fonte: Massa News