Tendências do mercado: vender seguro de vida está em alta no Brasil

Home \ Geral \ Tendências do mercado: vender seguro de vida está em alta no Brasil
Tendências do mercado vender seguro de vida está em alta no Brasil

Vender seguro de vida é uma excelente alternativa para aumentar a lucratividade da sua corretora de seguros. Informações divulgadas, recentemente, pelos principais órgãos do segmento, destacaram uma alta expressiva no produto. A mudança deste cenário representa oportunidades comerciais vantajosas para as corretoras que buscam atuar em ramos variados. Entenda no artigo porque vender essa proteção pode mudar as perspectivas da sua corretora de seguros.

Vender seguro de vida está em alta no Brasil

Segundo dados da Confederação Nacional das Seguradoras (CNSeg), divulgados em maio de 2019, a venda de seguro de vida e previdência teve alta de 11,3%. O percentual reflete a comercialização num período de 12 meses.

O crescimento da modalidade foi identificado também pela Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi). Somente no primeiro semestre de 2019, o seguro de vida registrou R$ 6,88 bilhões em prêmios. O saldo positivo é 16,9% maior em relação a janeiro a maio de 2018.

Se a sua corretora já trabalha com seguro de vida e os resultados não seguiram a tendência nacional, você precisa rever as estratégias. No entanto, se a corretora não atua com a modalidade, invista em vender seguro de vida. Um grande atrativo é que o seguro não demanda renovação anual, como acontece no seguro auto. Isso facilita o trabalho da equipe de vendas e pode garantir um bom faturamento a longo prazo para a corretora.

Como aproveitar a tendência do mercado e vender seguro de vida

Vender seguro de vida depende de profissionais qualificados e ferramentas práticas. O corretor precisa convencer o cliente da necessidade daquela proteção utilizando sua percepção e bons argumentos.

Leia também

3 benefícios da tecnologia em nuvem para o mercado de seguros

Prepare os colaboradores

A equipe de corretores deve estar capacitada para saber lidar com a resistência de alguns clientes, o que acontece com frequência ao tentar vender seguro de vida. É fundamental identificar as necessidades do futuro segurado e argumentar sobre como a proteção é capaz de dar tranquilidade, segurança e conforto para a família.

Tenha ferramentas eficientes

Para vender seguro de vida e lucrar, a corretora precisa estar atualizada. Diversas ferramentas de tecnologia disponíveis são capazes de favorecer as etapas de vendas do seguro. Por este motivo, se a sua corretora não utiliza plataformas e sistemas automatizados é hora de mudar.  O essencial para investir é um software de gestão completo, que facilite os processos, garante organização e mantém os dados dos clientes em segurança.

A Quiver oferece sistemas de gestão eficientes com o objetivo de apoiar as corretoras de seguro a evoluírem. Conheça os softwares de gestão da Quiver.

Portanto, se você já trabalha com o mercado de seguro de vida, avalie como está o desempenho da empresa e qual o papel do seu sistema de gestão nestes resultados.

Se você não atua no ramo, considere a possibilidade de vender seguro de vida. Faça uma análise do mercado na sua região e descubra se este nicho não está sendo explorado pela concorrência.