Seguro saúde e seus desafios

Palestra ANSP

A necessidade de interação entre o regulador e a indústria, como buscar novos consumidores e fidelizá-los

Cada vez mais o cenário atual de seguro saúde no Brasil intimida especialistas e pessoas que trabalham nesse segmento. Para debater o assunto, a Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP) promoveu no dia 21 (quarta-feira) o tradicional evento Café com Seguro, no auditório da Sindseg-SP. Discorreram sobre o tema “Seguro Saúde: cenário atual e desafios” os palestrantes: Magali Rodrigues Zeller, Ariovaldo Lima e Bruno Eduardo dos Santos.

No primeiro painel, a sócia-diretora da empresa AT Service Engenharia, Magali Rodrigues Zeller apresentou uma visão técnica sobre o assunto, a judicialização do segmento e da ausência dos planos individuais nos planos de saúde. “Hoje no Brasil, oito em cada 10 idosos tem doenças crônicas e poucos estão em planos individuais” afirmou.

Palestra ANSP

Especialistas debatem sobre o seguro saúde no auditório do Sindseg em São Paulo

Para dar continuidade as palestras, foi convidado o coordenador da Comissão Técnica de Seguro Saúde do Sincor-SP, Ariovaldo Lima que enfatizou o poder da fraude na área da saúde suplementar. “Acabar com a adulteração no setor de saúde é um dos nossos maiores desafios e as pessoas precisam ter mais responsabilidade sobre esse assunto, tão pouco discutido e esclarecido”, concluiu.

 Na última palestra, o economista e diretor executivo da Fenasaúde Bruno Eduardo dos Santos, informou que caiu em 2 milhões o número de beneficiários que possuem planos de saúde e salientou a importância do plano regional de saúde para atender as necessidades do consumidor. “A transparência é algo essencial nesse setor, o cliente precisa ser engajado e entender mais para questionar o produto que quer adquirir”, finalizou Santos.

Segundo Edmur de Almeida diretor da ANSP, atualmente no Procon as reclamações para as operadoras de planos de saúde estão em 13° lugar e a meta para esse setor é cair cada vez mais e amparar o consumir  no que for necessário.

Redação Revista Seguro Total