Ações de voluntariado e conscientização marcam mais um Outubro Rosa na AIG Seguros

AÇÕES DE VOLUNTARIADO E CONCIENTIZAÇÃO MARCAM MAIS UM OUTUBRO ROSA NA AIG SEGUROS

Funcionários da seguradora AIG, em São Paulo, literalmente vestiram a camisa neste Outubro Rosa. Na última sexta-feira do mês, 27, trajando a cor do movimento, eles participaram de atividades de conscientização e ainda realizaram atividade voluntária para produzir próteses externas que serão doadas a mulheres mastectomizadas.

Primeiramente, todos foram convidados a assistir à palestra do Dr. João Victor Alessi, oncologista no Hospital Sírio-Libanês, que aceitou o convite da AIG para falar sobre a propagação dos diferentes tipos de câncer, entre eles, o de mama e o de próstata – cuja incidência é ainda maior no Brasil, afetando mais de 60% dos homens com mais de 50 anos, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer.

“As mulheres já estão mais conscientes quanto à necessidade dos exames de prevenção, já que a cultura de visita ao ginecologista é mais rotineira entre elas. Muitos homens, no entanto, ainda têm preconceito quanto à consulta com o urologista. O câncer de próstata é facilmente curável, mas deve ser diagnosticado no início”, explicou o Dr. Alessi.

“Não podemos acreditar que essas doenças jamais acontecerão conosco. Temos que estar alertas e estimular nossos familiares a fazerem os exames de rotina. A iniciativa da AIG visa a conscientização, por isso, é muito positiva a participação de todos os funcionários”, afirmou Fabio Oliveira, CEO da AIG Brasil, durante as atividades.

Após a palestra, os funcionários da AIG tiveram a oportunidade de conhecer o trabalho da ONG Mamas do Amor (www.mamasdoamor.com) e a história de sua idealizadora, Fernanda Aguilar. Após perder seu marido para a leucemia, Fernanda foi diagnosticada com câncer na tireóide e, depois, câncer de mama. Como seu corpo rejeitou a prótese de silicone, ela resolveu aderir às próteses externas, feitas com meias e alpiste. Hoje, Fernanda oferece a todo o Brasil a doação desses materiais.

Como parte da dinâmica do dia, os voluntários da AIG produziram 220 próteses externas, com materiais doados por eles mesmos. “Estamos muito felizes em promover esta iniciativa de conscientização, que, além de envolver os funcionários com informações sobre prevenção, nos deu a oportunidade de fazer o bem à comunidade”, comentou Viviane Elias, líder do grupo voluntário Todos pelas Mulheres & Aliados na AIG.